Pesquisar este blog

19 de outubro de 2011

Orlando e Helena - Uma história de Amor


Orlando e Helena

O amor se escreve
Com as letras de uma vida
De quem se deu
De quem apenas amou
Demonstrando o seu amor
Em cada olhar
A cada amanhecer
No jeito de sorrir
E na forma de se dar.
.
Há quem passe a vida toda
Sem saber o que é amar
Há quem, ao se deparar
Com seu grande amor
Desaprenda a caminhar
E nunca, nunca mais saiba a solidão.
Os dias a sós são então apenas um vão
Entre a despedida e o reencontro.
..
Letras, nomes, histórias
Eternizadas na memória
De nossos dias
Nem a dor da última partida
Vai tornar triste a vida
De quem amou verdadeiramente
Ou esterilizar a semente
De um amor tão lindo assim.
...
Orlando, que viveu amando
Helena, que viveu um poema
Deste amor tão amor
E tal como haveria de ser
Um dia Helena voou
E tal como haveria de ser
Orlando apenas esperou
Sua hora de voar
Para ver então findar
O tempo em que o destino
Pela última vez, os obrigou a separar.
...
Magnus 19/10/2011

4 comentários:

  1. Poema feito como uma homenagem aos pais da Filomena.

    ResponderExcluir
  2. A poesia nos transporta para um mundo perfeito e
    inatingível, que não se materializa mas nos acompanha sempre ...

    ResponderExcluir

É importante saber sua opinião. Obrigado, Magnus

Marcadores