Pesquisar este blog

8 de outubro de 2014

A MENINA

A MENINA

Lá 

Onde o céu termina,
A luz da manhã ilumina, 
Na rosa dos ventos,
 “Y en las tierras” vizinhas


Onde dobra a imaginação,
Na "icognitude" de uma esquina
Na moradia da inspiração
Estão os sonhos de uma menina

O tempo segue
A menina cresce
E o sonho há tanto sonhado
Há tanto guardado
Nunca desaparece
Está lá onde
A lua se esconde
Ou o sol nasce.

Está lá por traz de um monte
Depois da pedra no caminho
E em tudo que há
Pra lá do horizonte.
Está lá, em qualquer direção
Além do que se pode olhar
E dentro do coração.

Está
Lá 

Onde o céu termina,
A luz da manhã ilumina, 
Na rosa dos ventos,
 “Y en las tierras” vizinhas


Magnus

08/10/2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É importante saber sua opinião. Obrigado, Magnus

Marcadores